loading

Sobre

A imponência de uma grande ópera rege o Simon Boccanegra, restaurante e lounge bar presente no bairro de Copacabana, trazendo para o Rio de Janeiro o que muitos olhos só veriam ao cruzar o oceano. Mais precisamente, na Itália. A começar pelo nome, uma homenagem ao compositor Giuseppe Verdi que compôs a ópera Simon Boccanegra. A seleção de rótulos garantem um enredo afinado da enogastronomia na casa, que também funciona como empório de vinhos.

A cozinha, definitivamente, não é um mero coadjuvante. Localizada no meio do salão, ela ganhou paredes de vidro e um balcão que permitem aos clientes acompanhar o vai e vem das panelas. O projeto da casa é assinado pelo arquiteto renomado Alessio Carpanelli que apostou na interação dos ambientes. Além da cozinha, as enormes adegas também estão à vista pelo salão. Em um ambiente de 250m², o italiano optou pela decoração com móveis de design milanês, com sofás e poltronas aveludadas compondo o lounge na entrada, mesas pretas, chapas de latão bronze e enormes lustres de designers pendurados no teto de pé direto alto que dão o toque de sofisticação ao lugar. O projeto de ligthdesigner é de Paolo Lucarelli de Luxaudio.

grigio5

Estão disponíveis mais de 230 rótulos – destes, 75% são italianos – distribuídos em três adegas climatizadas e enormes prateleiras com a capacidade para mais de seis mil garrafas. A carta de vinhos e espumantes foi elaborada apostando na diversidade das produções da Itália, em especial os brancos de solo vulcânico do Monte Etna, na Sicília, e de Vesúvio, no golfo de Nápoles. Mas no mar de rolhas que dividem as prateleiras da casa é possível encontrar particularidades como os que não passaram por barrica, proporcionando um sabor mais leves, os vinhos laranjas, novo queridinho dos sommeliers mundo afora, e os orgânicos e biodinâmicos. Sinalizados no menu, as produções naturais representam 80% dos rótulos disponíveis na casa. Argentinos, chilenos, brasileiros, alemães e até sugestões da Eslovênia completam a carta. No bar, um cardápio de drinques clássicos, onde está em evidência uma variedade de gins e cocktail criado do barman Anselmo, como Rude Cocktail, Sangria de cerveja, Sangria de vinho tinto e branco e Cleriquot de frutas vermelhas.

grigio4

Se a carta de vinhos é um tanto convidativa, o menu também mostra sua grandiosidade diante do risco eminente de querer devorá-lo por inteiro. A cozinha do Boccanegra não economiza na técnica e na tradição cultivadas na Itália adaptadas aos ingredientes encontrados por aqui. O resultado são molhos e massas frescas e caseiras, itens cuidadosamente selecionados e pratos elaborados como manda a tradição deste país. As brusquetas são um dos destaques da casa.

À frente do negócio estão três empresários italianos do ramo da gastronomia e moda. Apaixonados pelo Rio de Janeiro, eles têm a proposta de fazer do Boccanegra um lugar sem igual na cidade. A conceituada marca Rudeiscool, marca 100% italiana, é apresentada na casa com araras espalhadas pela casa e vestem a equipe Boccanegra. Uma programação musical de jazz e blues ao vivo garantem a sonoridade do lugar.

Reservas 3269-4366

Top
RESERVAS